O QUE É CANABIGEROL (CBG)?

Blog 94 715x476 550x366 1

Cannabigerol ou CBG é um composto não psicoactivo que está naturalmente presente na planta da canábis (assim como o canabidiol CBD e outros canabinóides). Estes canabinóides tem demonstrado serem eficazes contra um número crescente de doenças e condições.

Vários estudos salientam a dificuldade na classificação dos compostos presentes na planta de canábis devido à variabilidade genética. Este é o desafio que é progressivamente abordado.

Deixem-me dar-vos um exemplo. Acreditariam se eu dissesse que a teobromina e a teofilina é a bebida mais consumida no mundo?! Confuso?

Oferta de boas-vindas

omente para novos clientes, oferecemos o seguinte código para 12% de desconto em seu primeiro pedido.
* Válido para todos os produtos da Nordic Oil

Óleo de CBD 15%
Icons/UI/fast-delivery Entrega rápida
Icons/UI/plant Feito pela natureza
Icons/UI/security Pagamento seguro

Estes são os dois compostos vitais encontrados no Chá. Muito simples, não é?!

Portato, muito se fala sobre os canabinóides, em especial o canabidiol CBD e suas propriedades, mas nesse artigo falaremos sobre o cannabigerol CBG, um outro componente encontrado na plata cannabis, uma molécula percursora de outros canabinoides.

E também sobre os seus efeitos terapêuticos e medicinal do CBG, devido à sua atuação nos receptores do sistema endocanabinóide. Portanto, vou tentar torná-lo simples e fácil, para o ajudar a compreender sobre o CBG. Tenho o prazer de partilhar esta discussão aberta sobre os diferentes compostos de plantas de cannabis e seus canabinóides. Porque os estudos sobre Canábis são cada vez mais aplicados numa multiplicidade de domínios, incluindo medicina popular, farmacêutica, construção, uso recreativo, ciência forense, engenharia genética, e fibras têxteis, bioplásticos, e muito mais.

Ao mesmo tempo que expandimos a nossa consciência e conhecimento na ciência, precisamos de tentar aplicar isto no nosso dia-a-dia, uso medicinal e em pacientes. Vamos fazer isso agora para o CBG.

Genética do CBG

Relatórios afirmam que o CBG é um dos canabinoides encontrado na cannabis e é o precursor dos canabinóides mais conhecidos como o canabidiol CBD e THC. O CBG é um composto que está presente na planta de canábis e acredita-se que ele interaja com os receptores CB1 e/ou CB2 Além disso, o CBG é acumulado em certos tipos de canábis Sativa L. Mas o que é a cannabis Sativa L?

“Canábis” ou “cannabis”, dependendo da tradução, é o nome da planta muito utilizada por pacientes em tratamento sob diversas formas pelos seus efeitos observados. “Sativa” significa “semeada” indicando a forma cultivada da planta, e “L” refere-se a Carolus Linneaeus, o botânico sueco que foi o primeiro a classificar cientificamente esta erva no ano de 1745.

Uma pesquisa de 2005 que pela primeira vez se centrou no estudo do CBG relata que plantas de cannabis que têm um forte concentrações de CBG foram encontradas em diferentes adesões de fibras de cânhamo. Isto porque a investigação sobre a cannabis e suas propriedades, centrada na avaliação das suas propriedades medicinais, classificou-as em vários fenótipos.As classificações dos fenótipos e suas propriedades são baseadas na sua altura, cor e comprimento da folha, incluindo o seu constituinte químico.Um estudo de 2016 relata que, em 1971, a cannabis foi caracterizada pela primeira vez em dois fenótipos.

  • Tipo de drogas
  • Tipo de Fibra

Em primeiro lugar, quando a proporção THC: CBD é > 1, foi classificado sob o tipo drogas.

Em segundo lugar, quando a proporção é < 1, foi agrupada na categoria do tipo de fibra.

Estudos que tiveram sucesso, acrescentou que se THC: CBD era próximo de 1, chamava-se categoria intermédia e talvez poderia ser usado em tratamentos medicinais e que não seria psicoativo.

Em 1987, outra descoberta contribuiu com mais uma variação química que tinha muito baixo THC e CBD, mas com um constituinte predominante, o CBG.

Do mesmo modo, um estudo de 2018 relatou três Espécies:

  • um tipo de fibra, chamado C. Sativa L,
  • um tipo de droga, caracterizada por níveis elevados do composto psicoactivo THC (Δ9-THC), denominado C. indica Lam..,
  • e que tinha propriedades intermédias, denominada C. ruderalis Janisch.

Além disso, este estudo acrescentou ainda que o tipo de fibra ( C.Sativa) está dividido em cinco quimótipos diferentes ( com base na sua composição canabinoide).

O quadro abaixo ajudaria a uma fácil compreensão.

QuimiotipoCaracterísticasUso 
Iplantas do tipo fármaco com predominância de canabinóides do tipo Δ9-THC-Fins medicinais ou recreativos,
-Mais investigado
IIplantas com características intermédias entre plantas do tipo droga e plantas do tipo fibra-Têxtil ou para fins alimentares
III & IVplantas do tipo fibra contendo níveis elevados de canabinóides não psicoactivos e quantidades muito baixas de psicoactivos– Fins têxteis ou alimentares
– Contêm ácidos canabinoides, ácido canabiólico (CBDA), ácido canabigerólico (CBGA), seguido das suas formas descarboxiladas: canabidiol (CBD) e canabigerol (CBG)
Vplantas do tipo fibra contendo quase nenhum canabinóide– Os países europeus aprovaram para uso comercial.
-O valor comercial do cânhamo e um limite legal de 0,2-0,3% THC é normalmente aplicado.

Portanto, os diferentes canabinóides presentes na planta da canábis possuem características distintas. Embora as medidas dos seus canabinóides mais dominantes THC e CBD desempenhem um papel proeminente, alguns dos outros factores que contribuem para esta diferença podem ser resumidos como:

  • Parâmetros ambientais, fertilização
  • O sexo da planta
  • Interacção dos genes
  • Cruzamento de raças
  • Fase de crescimento, tempo de colheita
  • Condições de armazenamento, etc.

Usos do Cannabigerol

A primeira investigação sobre o canabinoide CBG e os seus efeitos e potenciais benefícios para a saúde é limitada e prevalecem estudos que discutem principalmente a genética do canabinoide CBG e seus compostos foi recente, entre os anos de 2005- 2016.

Por conseguinte, é indispensável mencionar que os estudos clínicos ou a investigação baseada em provas neste domínio são bastante lentos em comparação com a velocidade a que a tecnologia está a avançar. Isto deve-se à complexidade da investigação farmacológica. O que não seria diferente para os estudos do CBG.

No entanto, os estudos revelam que:

  • O CBG é o fitocanabinóide não psicotrópico,
  • O CBG também demonstrou exercer acções benéficas para saúde e pra o corpo com potencial terapêutico através de receptores canabinoides, o que indica se potencial para uso medicinal.
  • Por conseguinte, o potencial do CBG presente na cannabis para tratar doenças intestinais inflamatórias resistentes à tratamentos, glaucoma, alívio de disfunções da bexiga, propriedades neuroprotectoras, doenças causadas por infecções bacterianas, doença de condição cancerígena, estimulação do apetite, são promissores.
  • Mas a pesquisa ainda não provou a interacção como um medicamento de CBG nas células e no corpo. Então, apesar de promissor ainda não foi comprovado, e portanto, o uso por pacientes para um fim medicinal deve ser acompanhado por um médico.

Conclusão

  • O CBG é um composto não psicoactivo e precursor dos populares canabinóides CBD e THC e possui vários efeitos terapêuticos.
  • A consciência sobre o facto de o CBG ser 100% livre de THC, está a aumentar e, por conseguinte, a sua aplicabilidade está a generalizar-se em pacientes em tratamento.
  • As variedades comerciais de cânhamo têm o CBG e o CBGA como os canabinóides predominantes.
  • É considerado como sendo utilizado no mercado não regulamentado de óleos e derivados de cânhamo
  • Os CBG Crystalls podem ser facilmente infundidos em bebidas ou alimentos, uma vez que não altera o sabor.
  • As pesquisas e estudos em larga escala são essenciais para apresentar os potenciais benefícios farmacológicos dos fitocanabinóides que incluem CBG, CBN, CBC, e CBDV.
  • Consulte sempre seu médico antes de começar um novo programa de suplemento.

Conecte-se com usuários de CBD no Facebook
Quer saber mais da experiência de outros usuários do CBD? Você tem perguntas sobre o CBD? Há um grupo ativo de CBD no Facebook.

Publicado por Vicky Stocker

Nascida em Munique, tradutora e intérprete de inglês e francês, a viagem de Vicky na Nordic Oil começou nos EUA. Desde então, ela descobriu os múltiplos benefícios do CBD no corpo mas também, em particular, na pele, o que se tornou um dos seus temas de paixão para pesquisa e escrita desde então.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *